Fraude faz fotojornalista perder World Press Photo

LaVilleNoire_web_01_695x565O júri da 58º edição do World Press Photo (WPP), mais importante prêmio dedicado ao fotojornalismo no mundo, revogou o prêmio entregue ao italiano Giovanni Troilo por seu ensaio sobre a cidade de Charleroi, na Bélgica. O fotógrafo havia vencido com o trabalho “La Ville Noir – The Dark Heart Of Europe” na categoria de ensaios contemporâneos. Na descrição de sua série, Troilo alegou que a região “sofreu o colapso da produção industrial, o aumento do desemprego, da imigração e o surto de micro-criminalidade”.

A discussão em torno do ensaio começou depois que o próprio prefeito de Charleroi, Paul Magnette, enviou um comunicado à organização do prêmio afirmando que: Leia mais

Dia Mundial da Fotografia e do Fotógrafo

O dia 19 de agosto foi escolhido como o dia Mundial da Fotografia em celebração a data do anúncio da invenção do daguerreotipo, um processo fotográfico desenvolvido por Louis Jacques Mandé Daguerre. Nesse dia, em 1839, em reunião conjunta da Academia de Ciências e da Academia de Belas Artes francesas, a invenção foi descrita pelo cientista e deputado François Arago. Isso foi possível devido a acordo no qual o governo francês adquiriu de Daguerre os direitos da invenção, tornando-a de domínio público. Tal abertura possibilitou uma rápida disseminação do processo por todo o mundo. Em função disso o dia 19 de agosto passou a ser celebrado como o Dia Mundial da Fotografia e do Fotógrafo.

Fotográfo demitido por manipular imagem

A manipulação digital de imagens fotojornalísticas fez mais uma ‘vítima’ no início deste ano. Em janeiro, a Associated Press (AP) demitiu o fotográfo mexicano Narciso Contreras, ganhador do prêmio Pulitzer em Abril de 2013, e excluiu todas as fotos feitas por ele do banco de imagens da empresa. Leia mais